Minha lista de blogs

sábado, 1 de janeiro de 2011

TEMPO



Cinco segundos pra olhar a noite,
Cinco minutos pra ficar a sós.
Cinco momentos pra viver aos poucos,
Cinco segundos pra falar de nós.

Cinco mil anos pra se evoluir,
Cinco segundos pra desmoronar-se.
Cinco mil horas para se ajuntar,
Cinco segundos para separar-se.

Cinco segundos pra chorar os prantos,
Cinco minutos pra secar suas águas.
São meia hora destilando encantos,
E um milênio enxugando as mágoas.

Cinqüenta horas para estar deitado,
Cinco minutos para estar de pé.
São nove meses dentro de um ventre,
Pra em dois segundos só chamar-se “Zé”.

Cinqüenta anos esperando chuva,
Cinco minutos pra fazer calor.
São três minutos para a madrugada,
E um segundo pra fazer amor.

Somente uns anos para se viver,
Alguns segundos para o que reclamo.
Quinze minutos pra ficar calado,
Duzentos meses pra dizer: Te amo!

Vinte segundos para ficar louco,
E uma vida toda a se normalizar.
Alguns segundos pra morrer aos poucos,
Em mil lembranças pra se suicidar!...

Vinte e cinco horas pra sentir a brisa,
Vinte e seis segundos pra olharmos nós.
Dezesseis minutos pra abrir a boca,
E uma eternidade pra calar a voz!!!...

Willian Marques – 02/06/86.
           wmo@oi.com.br

SE...

Se todos os momentos
Fossem como antes,
Tão certos e
Inebriantes,
Não estaríamos cegos
E nem errantes,
Nem vacilantes nossos
Passos seriam!...
Se todos os sentimentos
Fossem incessantes,
Tão completos e
Vivificantes,
Não seríamos duros e
Nem obscuros nossos
Corações bateriam!...
Se todos os lamentos
Fossem como antes,
Tão curtos e
Gratificantes,
Não seríamos tão sérios e
Arrogantes,
Nem ignorantes nossos
Pés andariam!...
Se todos os momentos
Fossem como antes,
Tão carinhosos e
Aconchegantes,
Não estaríamos sós e
Choramingantes,
Mas nossos corações tão
Sofridos antes,
Neste exato instante
Se dariam!!!...


Willian Marques – 23, 25/06/95.  
          wmo@oi.com.br