Minha lista de blogs

domingo, 27 de maio de 2012

DESISTÊNCIA


Tirei da
Parede 
O calendário,
Guardei
Lembranças 
No armário,
Nada seu
Importa mais.
O dia seu de
Aniversário
E seu amor
Imaginário
Esqueci,
Deixei pra trás.
O seu presente,
O meu passado
O nosso amor
Já acabado
Nem nas cinzas
Resta paz.
O que foi
O que seria,
O passado
Do seu dia
Pra mim hoje,
Tanto faz.
A sua vida
Em prontuário,
Seu sorriso
De salário,
Falta não
Fará jamais!!!...


Willian Marques – 06/01/2009.
                wmo@oi.com.br

sábado, 31 de março de 2012

BLACKOUT

















Esqueci a senha do
Seu coração e perdi o acesso
Pra o nosso amor...
Nossa memória pesada,
Sobrecarregada de momentos
Tristes, só faz processar
Amarguras passadas de
Sofrimentos idos e já
Sucumbidos pelo tempo.
Lamentos?... Sim. O de não ter
A oportunidade de voltar atrás
Em busca de um recomeço,
De não poder voltar e evitar
Certos tropeços,
De não poder nos dar a
Chance de desfrutarmos
Juntos a tão sonhada e morta
Felicidade!!!...



                   Willian Marques – 24/02/2012.
                                wmo@oi.com.br






FIXAÇÃO














Eu sonho sempre
O corpo seu
Entre meus braços,
Na minha boca
O riso seu que alegra a alma.
Nos olhos seus
A compreensão dos
Meus fracassos...
Sonho o carinho
Das suas mãos e sinto calma.
E eu te busco
Sempre em sonho a presença,
Te almejo os lábios
Com doçura no sorriso.
Ternura sua busco
Feito recompensa,
No seu abraço
Corpo inteiro ao paraíso.
Eu sonho sempre
A alma sua
Em meu espírito,
Pra meu conforto
E guarida ao fim da linha,
No seu sossego
Sonho paz em
Meus conflitos,
Para fazer do corpo seu
Morada minha!!!...



Willian Marques – 29/02/2012.
             wmo@oi.com.br




quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

FRACASSOS

















Misturamos os
Momentos,
Confundimos
Sentimentos,
Iludimos
Pensamentos
Retardando os
Sofrimentos.

Confessamos
Juramentos,
Vimos
Arrependimentos
Pelos vãos
Contentamentos,
Fracassados
Passos lentos!!!...




Willian Marques – 03/01/2012.






A SENTENÇA















E foi assim que acreditei em você,
Da mesma forma que acreditei no
Nosso amor e do mesmo jeito que
Acreditei que todos os meus sonhos
Pudessem ser verdadeiros.

E foi assim...
Foi exatamente assim que cruzei os
Braços, enquanto a vida passava por
Mim e levava meus planos, sonhos
E projetos esgoto abaixo...

Foi assim que efetivei a escolha
Errada e foi assim que me condenei
A viver encarcerado na distância
Que me separa do seu amor!...

E foi assim...
Foi assim que perdi o seu amor,
Foi exatamente assim que perdi
Você!!!...



Willian Marques – 23/02/2012.

PRA VOCÊ, OUTRA VEZ





















A ternura que em ti
Eu tenho,
Na meiguice que em teus
Olhos vejo
Me faz pensar que a mim
Desdenho,
Ante o tamanho desse
Teu gracejo.

A poesia que em ti
Escuto,
Na tua voz que por demais
Macia,
Do coração chega a tirar-me
O luto...
E de prazer minh’ alma
Arrepia.

E a cantiga que me embala
O sono,
Na deslumbrante paz do
Teu sorriso...
Faz esquecer-me sim,
Do abandono,
Me envolvendo no teu
Paraíso...

O dia a dia em versos que
Componho
Quando respiro o cheiro seu
Por perto,
É um pedaço escrito do meu
Sonho...
Me dar-te inteiro em coração
Aberto!!!...


                  Willian Marques – 23/02/2012
                                  wmo@oi.com.br

RECORDAÇÃO


 















E aí, aconteceu que seu
Corpo se fez presente
Em mim e seu espírito
Preencheu-me a alma!...
Até que suas carícias
Roubaram-me o
Sentimento de amor e
Me fizeram penetrar-te
A intimidade! Acordei!
Nada foi verdade.
Só sonho, carência...
Talvez necessidade de
Apertá-la em meus
Braços e matar tamanha
Saudade.
No mais, foi só miragem
Visão covarde!!!...


Willian Marques – 23/02/2012.