Minha lista de blogs

domingo, 6 de novembro de 2011

AÇÃO E REAÇÃO



Nos não
Sofremos
Por causa dos
Outros,
E sim, em
Consequência da
Nossa própria
Escolha errada!
Os outros...
Os outros são alvos
De nossa culpa!!!...


Willian Marques – 01/10/2011.
    wmo@oi.com.br  


ESQUEÇO



Esqueço
Que te amo
E que te quero.
Esqueço
Que te aclamo
E te espero...

Esqueço
Que admiro
E te venero.
Esqueço
O desespero
E desespero.

Esqueço
O seu desdém
E te esmero.
Esqueço
O riso seu
E me exagero.

Esqueço
A intriga nossa
Em que sincero...
Te lembro
O meu amor,
Carinho austero!!!...

   
Willian Marques – 04/11/2011.
           wmo@oi.com.br  


ESPERANÇA



Depois que se vai
O sono
E depois que se vai
O alento,
Me abraça o seu
Abandono
Levando meu
Contentamento...
Depois que se vai
A vida,
Após ir também
O vigor...
Insisto encontrar
Guarida
Nas migalhas do seu
Amor!!!...

  
Willian Marques – 21/10/2011.
           wmo@oi.com.br  

UMA VERDADE



A provação
Dura apenas
Um instante...
Mas pra quem
É provado,
Esse instante
Parece eterno.

  
Willian Marques – 20/10/2011.
           wmo@oi.com.br  


LEDO ENGANO



Os nossos
Erros não são
Pesados...
Só as consequências,
Que nos trazem
Uma amargura
Pra vida
Inteira!!!...


Willian Marques –18/10/2011.


SEM NADA




Rasgo em
Pedaços as linhas e
Os versos,
De estilhaços
Recheio o coração!
Os sonhos de
Cacos dispersos
Almejam uni-los
Minhas mãos
Tão fracas e vazias...
Cansadas!
Sorrir-te é sacrifício,
É vão!!!...



Willian Marques – 01/10/2011.
           wmo@oi.com.br  


MARASMO


Eu...
Tão somente
Perdido em meu
Engano...
E traído
Pela ânsia de
Querer-te!...
Circunstância
De minha
Própria
Fantasia!!!...



Willian Marques – 01/10/2011.
           wmo@oi.com.br  



quarta-feira, 21 de setembro de 2011

CANÇÃO



  

Paira no ar
Uma nota triste de
Saudade...
Paira no ar
Uma canção
Covarde,
Que arde no
Coração!!!...


Willian Marques – 02/02/2003.


wmo@oi.com.br

domingo, 28 de agosto de 2011

CONFISSÃO





















Não seria mentira
Dizer que te amo,
Mas não cabe
Neste momento
Declarar uma tão
Grande verdade!!!...




Willian Marques – 04/09/2009.
           wmo@oi.com.br

segunda-feira, 11 de julho de 2011

VERSO ESTARRECIDO

















Aguardo por você
Na vida doida,
No pensamento anseio
O riso e seu gracejo.
No sentimento
Quero em mim
Sua alma louca...
E no meu corpo
Guardo sempre
Os seus desejos.
Anseio os lábios seus
Que me devoram,
A sua voz macia,
Meiga e feminina.
Anseio o brilho
Dos seus olhos
Que me imploram,
Nesse seu jeito
De mulher que
Me domina!!!...




Willian Marques – 20/04 a 13/05/2011
          wmo@oi.com.br

MIRAGENS NA MENTE



Se eu jogasse o nosso amor ao precipício
E apagasse do meu rastro o seu carinho,
Curaria a minh’ alma desse vício
De desviar-me os passos meus pro seu caminho.

Se eu não vivesse o nosso amor com sacrifício
E rejeitasse suas carícias desde outrora,
Não haveria desta mágoa nem resquícios
E sonharia então delícias, como agora.

Se a gente amasse o nosso amor com mais desvelo
E se ajudasse a resistir às desventuras,
Não haveria precisão de mais apelos,
Mas nossos risos ao invés de dor, torturas...

Se eu lhe entregasse o nosso amor que já sem zelo
Ao desafeto, amarguras e ao relento,
Talvez bebesse o corpo seu com pouco gelo
Pra que sua paz me dê sossego ao pensamento!!!...



Willian Marques – 21/04 a 10/05/2011
          wmo@oi.com.br

MENTE MALUCA















Inspiração
Vem todo
Dia,
Ideia besta
A toda
Hora.
Qualquer
Risada é
Alegria...
No coração
A alma
Chora!!!...



Willian Marques – 30/03/2011
          wmo@oi.com.br

domingo, 8 de maio de 2011

CONFISSÃO À MINHA MÃE



É muito fácil poetar seu nome,
É muito fácil te encher de elogios!
Mas é difícil saciar sua fome
E agasalhar-te nos dias frios.

É muito fácil te falar de flores,
E nos poemas te falar de encanto!
E se amanhã chegarem as dores,
Quem é que vai enxugar o seu pranto?

É muito fácil dizer-me seu filho,
E nesta data demonstrar carinho.
Mas todo dia eu saio do “trilho”,
Te entristecendo tal qual um espinho!

É muito fácil falar de inocência,
No pretexto de ser um menino!
Mas nunca entendo sua carência,
Que farei pra mudar seu destino?

Sofreste por mim desde a infância,
Suportando os erros meus.
Mas ainda resta a esperança,
Que do céu para nós, vem de Deus!

Eu poderia dizer-te outras coisas,
Que trouxessem em sua boca um sorriso...
Mas ser mãe é mais, muito mais
Do que “padecer no paraíso”!

Hoje, com maturidade,
Inda quero sentir sua mão.
Te falar de um amor de verdade,
Que arde no meu coração!

Por tudo isso que eu disse
Além do calor da emoção!
Mãe, reconheço os meus erros,
E por tudo, te peço perdão!!!.

 Willian Marques – 08/05/2011.
             wmo@.com.br

segunda-feira, 4 de abril de 2011

SURTO


Passo por você
Na longa estrada,
Deixo em meus
Rastros
Sua história...
Guardo o rosto
Seu,
No pensamento
E te arquivo a
Lembrança na
Memoria!!!...


Willian Marques – 16/09/2010.
             wmo@oi.com.br

"SACRIFÍCIO"

















Rabisco pra você
Um verso manchado
De uma poesia torta e
Defeituosa!...
Cultivo um jardim
Sem rosa de uma noite
Fria e tempestuosa,
Com sorrisos amarelados
Pela majestosa saudade
Que constrange
Qualquer sombra de
Alegria!!!...
Já feneceu o nosso dia,
E já nos sangra o
Coração...
É monstruosa a solidão
Que nos assola, a dor
Que nos aterroriza e o
Desespero que
Apavora!...
Agora,
Só nos resta tropeçar
Em passos tontos e
Cansados,
Embriagados pelo
Sonho distante
De felicidade!!!...


Willian Marques – 21/02/2011
              wmo@oi.com.br

IMENSO



Eu ainda tento crer
Na verdade do
Sorriso e na alegria 
Dos olhos...
Eu ainda tento crer
Na sinceridade das
Palavras e por muitas
Vezes acredito na
Inocência dos gestos.
Penso com o coração
No valor da poesia
Que cativa, que muda
E convence, enfim,
Que apaixona.
Eu ainda sustento
A ilusão,
E acredito valer à pena
 A fantasia...
Alimento a saudade
E me entrego à nostalgia
Pra que finalmente
Algum dia,
Fique marcado na historia
Desta alma fria...
Um amor mais austero,
Verdadeiro, sincero a que
Em nenhum poema
Caberia!!!...



 Willian Marques – 16/02/2011
              wmo@oi.com.br

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

ABORTO




É quase noite...
E sinto chegar a doce madrugada
Em que verei o brilho da
Primeira estrela!...

É quase noite...
A doce madrugada se aproxima
Pra que eu possa ver o brilho da
Primeira estrela!...

É quase noite...
E a madrugada ainda não veio!
Agora torna-se difícil ver o brilho da
Primeira estrela!

Já passou a madrugada...
E a noite invadiu o meu espaço!
Acabei de compreender
Que jamais verei o brilho da
Primeira estrela!!!...



Willian Marques – 08/08/86.
        wmo@oi.com.br

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

ALGEMAS E CÁRCERES







    








Tento fugir dos meus sonhos e
Pesadelos,
Tento fugir de minha sombra e
De suas doces entranhas.
Tento fugir de mim mesmo,
Dos meus tolos pensamentos
E dos meus reclames tardios.
Tento fugir das lembranças,
Das esperanças...
Tento fugir das chances de ter
Novamente aquele seu amor que
Sem perceber, joguei pro alto.
Tento fugir da minha consciência e
Tento fingir que nada aconteceu.
Tento fugir do meu coração que
Te pede, mas ao mesmo tempo
Me condena.
Então eu tento pensar que não
Vale a pena essa perturbação...
Tento fugir do tempo e
Tento fingir que estou refeito.
Tento fugir das ilusões,
Dos sonhos que foram nossa
Realidade tempos atrás.
Tento fugir da sua lembrança e
Da sua falta...
Tento sufocar todos os meus
Sentimentos,
Fingindo (em vão) que tudo
Isso é passado!... Porém...
Cada vez mais presente em
Todas as minhas tentativas
De fuga!!!...


Willian Marques – 04/11/94.
          wmo@oi.com.br

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

ALMA SUFOCADA


















Se
Eu
Pudesse
Pedir
Socorro...
Gritaria
Desesperadamente
Por
Seu
Nome!!!...




Willian Marques – 18/07/2009.
            wmo@oi.com.br